Sobre nós

Iniciativa que busca viver em um mundo com florestas, garantindo os serviços ecossistêmicos necessários para a manutenção da vida, praticando a agroecologia, nos ajudando mutuamente com o intuito de promover um futuro melhor para todos. Acreditamos que não há futuro sem as florestas, sem elas não teremos um clima equilibrado no planeta, água para todos e os nossos diretos humanos garantidos. Queremos uma economia construída a partir das populações que convivem com as florestas e que contrapõe a perversa indústria extrativa que grila, desmata, cria gado e minera. Incentivamos com ferramentas tecnológicas e democráticas uma agricultura que respeite a vida, a cultura e garanta a segurança e a soberania alimentar dos povos. Fazemos isso com a nossa participação em projetos socioambientais sem fins lucrativos e por meio de consultorias, com a difusão de tecnologias sociais e a criação novas de soluções a partir das realidades, oportunidades e conhecimentos locais promovendo o fortalecimento de laços comunitários.

O que fazemos?

Agroecologia, integrando ciência, tecnologia e os movimentos sociais

Divulgamos e produzimos notícias, reportagens, campanhas, relatórios e outras mídias elaboradas por nós, pelos movimentos sociais e organizações comprometidas com os direitos humanos e com a conservação da natureza.

Atuamos por meio da popularização da ciência, e da construção participativa de soluções para enfrentar conflitos socioambientais. Valorizamos as práticas de convivência com os ecossistemas naturais e de melhoria das condições de vida.

áreas de atuação

Soluções tecnológicas

  • Restauração florestal agroecológica e recuperação de nascentes e mata ciliares
  • Sistemas agroflorestais agroecológicos
  • Sistemas integrados de horta com a criação de pequenos animais.
  • Diagnósticos rurais participativos
  • Análise do solo e de água
  • Plano de manejo orgânico
  • Certificação orgânica participativa
  • Pastagem racional e bem-estar animal
  • Adubação verde e bioinsumos
  • Acesso justo à cadeia de produtos da floresta
  • Fortalecimento do Agroextrativismo
  • Comunicação digital e produção audiovisual

Como você pode começar…

Aceitamos sua doação!

Podemos contar a sua doação para algum projeto coletivo em que estamos envolvidos. Aceitamos também doações de mudas de árvores nativas ou apoio na divulgação do nosso trabalho. Veja aqui qual é a nossa prioridade nesse momento!

Contrate nossos serviços

Seu sonho é plantar seu próprio alimento? Seu interesse é recuperar uma mata ciliar ou uma nascente na sua propriedade? Você pretende implantar uma agrofloresta? Gostaria de se integrar à cadeia de produtos da floresta e apoiar a sociobiodiversidade?

Amplie seus conhecimentos e sua rede.

Participe de um dos nossos laboratórios colaborativos. Este é um convite para se conectar com outras pessoas com o mesmo interesse que o seu. Um chamado para você se transformar e contar com uma rede de apoio ao seu projeto.

Comunicação

Últimas notícias


  • Semeadura direta por meio de muvuca de sementes é usada pela primeira vez em Cunha-SP.
    Nesse início de 2021, a SerrAcima está atuando em parceria com a Iniciativa Caminhos da Semente, para promover a restauração de 1 ha de Mata Atlântica por meio da semeadura direta, também conhecida por muvuca de sementes. Essa experiência faz parte do Projeto de Pesquisa FAPESP 2018/17044-4/Conexão Mata Atlântica, que tem como objetivo avaliar o crescimento de espécies florestais.
  • 2021 dá início a década da restauração ecológica.
     A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidades (ONU), proclamou  2021-2030 a década da restauração ecológica. A restauração ecológica é o processo de restabelecimento de ecossistemas degradados. Ela contribui ao mesmo tempo com diversos objetivos globais da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, como a conservação da biodiversidade e da vida terrestre e, contra aContinuar lendo “2021 dá início a década da restauração ecológica.”
  • Atenção, formigas trabalhando! Pesquisa divulga a ciência e chama a atenção para a conservação de formigas.
    Muitas pessoas veem as formigas como praga, um erro que levou a doutoranda Mariana Rabelo, que desenvolve pesquisa em Ecologia Aplicada na Universidade Federal de Lavras (UFLA) , a buscar desmistificar a aversão e a desinformação sobre o inseto. Assim, nasceu o Projeto “Formigas em Ação”, coordenado por ela com a colaboração da professora Carla Rodrigues Ribas, responsável pelo Laboratório de Ecologia de Formigas da Universidade. O futuro com floresta fez uma entrevista exclusiva com a Mariana. Confira!

Você também quer um futuro com floresta?

Estamos em busca de parcerias!

%d blogueiros gostam disto: